Uncategorized

Confira o resultado do Brazil MMA Fight

A qualidade técnica do card de lutas do Brazil MMA Fight chamou a atenção de quem assistiu a competição, realizada no dia 17 de agosto no ginásio da Associação Atlética da Bahia, em Salvador. As 10 disputas casadas pelo matchmaker do evento, Júnior Alpha, demonstraram toda força, técnica e equilíbrio entre os lutadores. Diversos confrontos foram até o último round. Verdadeiros embates de gigantes!

A começar pela disputa do cinturão de estreia do Brazil MMA. O lutador Filipe Esteves finalizou seu oponente, Rildeci Escorpião, com um triângulo de mão aos 51 segundos do 2° Round, mantendo a invencibilidade na carreira. Ao final da luta Esteves destacou a qualidade do adversário e seu profissionalismo. O paraense Escorpião tem passagens por eventos na Rússia e China e mais de 30 lutas no cartel, o que só valorizou a vitória de Esteves.

Já na penúltima luta desses 10 embates, o confronto entre Ítalo Ribeiro e Alexsandro Miudinho teve boa parte da luta disputada no solo, com diversas tentativas de finalização. A decisão acabou ficando com os juízes que deram a vitória por unanimidade a Itálo Ribeiro.

Luta bastante aguardada também, o embate entre Walter Souza e Filipe Moitinho demonstrou toda garra e qualidade técnica dos atletas. Essa que foi a oitava luta do Brazil MMA Fight teve finalização no 2° Round aos 0:53, quando Moitinho aplicou um katagatame no adversário.

Antes, Neto Lacerda e Wandson Kapoeira disputaram a sétima luta do Brazil MMA Fight. Luta de 3 rounds que deu a vitória, por decisão unânime dos juízes, a Wandson Kapoeira. O campeão recebeu sua premiação das mãos dos representantes de nossos apoiadores Monster Energy, SSA Kimonos e Pop Táxi.

Nosso sexto embate teve muita emoção e superação dos atletas. Natanael Santos enfrentou Adamo Vasconcelos. Um dos golpes fez Adamo sangrar. O atleta foi atendido pela competente equipe médica do Doutor Lula. Machucado, Adamo decidiu não continuar a luta dando a vitória ao adversário. A premiação foi entregue por Hideraldo Filho da Monster Energy e pela representante do Supermercado Compre Bem.

A quinta luta, uma das mais comentadas da noite, foi protagonizada por Tchaychaboy e Gerlan Rodrigues. A torcida ia ao delírio em cada golpe, mas ao final do terceiro round a decisão dividida dos juízes deu a vitória a Gerlan Rodrigues. O atleta recebeu a premiação das mãos da Musa da Brazil MMA, Clarinha Solla,  e do diretor da marca, Américo Barros.

E é claro, não poderia faltar uma disputa feminina nesse card de sucesso. A Brazil MMA mostrou que incentiva a participação da mulher no esporte. Por isso a quarta luta foi disputada por Layze Cerqueira e Iasmin Lucindo, de Fortaleza (CE), que venceu por decisão unânime dos juízes. A cearense recebeu a premiação das mãos de duas grandes mulheres: Claudia Mota, diretora do Hotel Riviera Premium, e Camila Quintella da Teletalk Bahia.

Mas se a galera queria guerra, tivemos! Luta duríssima entre Roberto Queiroz e Gajão Júnior, que terminou finalizado com um mata leão no segundo round aos 4:08. O vencedor da terceira luta recebeu a premiação das mãos do presidente da Associação Atlética da Bahia, Reuvan Sodré.

E o segundo embate não ficou por menos. Emerson Gonzales encarou Luiz Antônio e saiu vencedor da disputa por decisão unânime dos juízes. Mostrando que as lutas do card preliminar não deveu nada em emoção, a primeira disputa da noite começou com um embate eletrizante. James Fight enfrentou Darlan Ferreira, que aos 3:58 do 1° Round finalizou o adversário com um triângulo de mão. Vitória de Dan Draco.

Fotos: Adilton Venegeroles

E nosso segundo embate não ficou por menos. Emerson Gonzales encarou Luiz Antônio e saiu vencedor da disputa por decisão unânime dos juízes. Mostrando que as lutas do card preliminar não deveu nada em emoção, a primeira disputa da noite começou com um embate eletrizante. James Fight enfrentou Darlan Ferreira, que aos 3:58 do 1° Round finalizou o adversário com um triângulo de mão. Vitória de Dan Draco.

Fotos: Adilton Venegeroles